WP Detecção de ameaças internas | Migração e proteção | Imperva

Home > Automatizando o gerenciamento de ameaças internas 

Automatizando o gerenciamento de ameaças internas

Ameaças internas podem ser funcionários mal-intencionados ou negligentes, mas podem ser criminosos cibernéticos externos que contornaram os controles de perímetro para usar uma conta válida comprometida. As organizações precisam de visibilidade e automação contínuas para reduzir o risco do acesso privilegiado a dados e para capacitar as equipes de resposta a incidentes para mitigação eficiente de ameaças.

Visibilidade contínua

Visibilidade clara em seu ambiente de dados. Veja os resultados, sua importância e as próximas etapas.

Otimize os fluxos de trabalho

A automação combina técnicas conhecidas de invasores com aprendizado de máquina para identificar o acesso aos dados.

Multiplicador de força

Reduza o esforço manual e aumente a produtividade da equipe de segurança com um contexto de ameaças preciso e apropriado.

Identificar ameaças internas é mais difícil do que nunca

Os usuários internos têm acesso legítimo a informações valiosas; os criminosos cibernéticos utilizam contas válidas por meio da exploração de pontos fracos do sistema, configurações incorretas e vulnerabilidades. As ameaças podem vir de qualquer lugar e as organizações devem estar preparadas para responder.
Identify insider threat mobile 1
  • O uso indevido de privilégios é comum em ataques bem-sucedidos

    Os adversários abusam das credenciais de contas existentes para contornar os controles de acesso. O MITRE lista contas válidas como uma subtécnica para acesso inicial e táticas de escalação de privilégios.

  • O contexto da ameaça é importante

    Sobrecarregadas por alertas excessivos, as equipes de resposta a incidentes exigem ferramentas inteligentes para auxiliar na avaliação manual de eventos de baixa gravidade e priorizar os esforços de resposta.

  • As equipes de segurança de TI precisam de multiplicadores de força

    As organizações precisam diferenciar entre o acesso apropriado aos dados e um incidente de ameaça interna. A automação permite o foco em eventos que requerem interpretação humana.

  • Mais aplicações, mais caminhos para os dados

    As empresas lutam com soluções que não permitem um número maior de aplicações e o crescimento exponencial de dados encontrados na maioria das organizações.

A análise baseada em risco e a automação aumentam a precisão

A adoção de uma metodologia baseada em risco para sua proteção digital permite a avaliação de dados de acordo com o perfil de risco e as prioridades da sua organização, reduzindo a probabilidade de uma violação. A atividade de acesso aos dados do usuário deve ser consistente em todos os ambientes.
Risk based analytics automation 1
  • Confie, mas verifique e rastreie

    O monitoramento da atividade do banco de dados detecta comandos e padrões de acesso suspeitos. As empresas precisam manter registros históricos para avaliação e auditorias futuras.

  • Priorizar o tratamento de incidentes é fundamental

    Mesmo pequenas melhorias na precisão podem multiplicar a eficácia da resposta a incidentes. A priorização automatizada de incidentes de alto risco permite que as equipes de segurança permaneçam focadas.

  • Menos ruído, para mais sinal

    O contexto é essencial para a tomada de decisão. A redução eficaz do risco de dados requer análises de segurança avançadas para ajudar a equipe de segurança a passar de um problema para o outro.

  • O que aconteceu e foi importante?

    44% das empresas não enxergam a atividade de dados e precisam ver os dados de toda a empresa para monitorar quais dados confidenciais estão sendo usados e acessados, e por quem.

Automatize a descoberta de comportamento de acesso fora de conformidade, arriscado ou malicioso aos dados, em qualquer lugar

Analise o comportamento do usuário e as atividades de acesso a dados para identificar ameaças com precisão. Entenda rapidamente incidentes críticos, altos, médios e baixos, os usuários associados a eles e os dados acessados.

Responder aos desafios de priorização

Os incidentes são atribuídos automaticamente a uma pontuação de risco que inclui volume de dados confidenciais, conta privilegiada e prevalência.

Aumente a eficácia e a confiança da equipe

Capacite as equipes de resposta a incidentes com ferramentas robustas e reduza as tarefas repetitivas.

Indicação de risco simples

Plataformas de inteligência de ameaças e SIEMs podem aproveitar o novo contexto de comportamento de acesso a dados durante o enriquecimento de eventos.

Como a Imperva ajuda contra ameaças internas

Database Risk and Compliance 7

Risco e conformidade do banco de dados

Reduza a exposição a ameaças internas corrigindo vulnerabilidades e protegendo dados confidenciais.

Data User Behavior Security Analytics 1 5

Análise de comportamento do usuário de dados

Detecte contas comprometidas e usuários internos maliciosos assim que o comportamento mudar.

Cloud Data Security 1

Cloud Data Security

Evite o acesso interno indesejado aos dados movidos para a nuvem.